Menos é Mais tem ingressos esgotados em menos de dois minutos para show no Vai ter Samba

Seguindo todos os protocolos que visam a segurança da saúde do público, colaboradores e artistas, evento, que tem capacidade de público limitada, teve abertura de sessão extra da apresentação da banda que faz a estreia, mas todos os lounges e mesas foram vendidos em 40 minutos; primeira festa da Região Metropolitana de BH, com atrações nacionais, desde o início da pandemia, ainda tem ingressos para os shows de Dilsinho, Pixote, Turma do Pagode, Sorriso Maroto e Belo pelo site www.centraldoseventos.com.br




Menos é Mais - Foto: André Kazuo.


O público está sentindo falta de curtir shows. Prova disso está no sucesso das vendas para o Vai Ter Samba. Os ingressos para a estreia do evento, que acontece no dia 21 de novembro, com a apresentação do grupo Menos é Mais, foram esgotados em menos de dois minutos. Diante disso, a organização da festa abriu uma sessão extra para domingo, 22 de novembro, que também teve todos os lounges e mesas vendidos. Quem quiser garantir a presença nos outros dias, deve se adiantar, pois a procura é grande para o evento que acontece até 19 de dezembro, no Mix Garden (R. Projetada, 65 - Jardim Canada, Nova Lima - MG), respeitando todos os protocolos de saúde em relação ao Covid-19, com capacidade limitada de pessoas, aferição de temperatura, higienização constante dos espaços, disponibilização de álcool em gel, uso obrigatório de máscaras  e ações que visem a conscientização para que não ocorra aglomerações. 

Além do grupo Menos é Mais, até o dia 19 de dezembro, a festa vai trazer grandes nomes da música, como: Pixote, Turma do Pagode, Sorriso Maroto, Belo e bandas de BH. O organizador da festa, Philippe Xavier, não ficou surpreso com o tamanho do sucesso. “Nós esperávamos essa grande procura, pois as pessoas querem curtir shows e esperavam por um evento em que pudessem ter atrações nacionais, música boa, sem abrir mão da segurança de uma festa legalizada, seguindo todos os protocolos de saúde e determinações para evitar a disseminação de Covid-19”, explica.

O sócio do evento, Júlio Ramos, reforça o cuidado que a equipe tem em preservar a saúde de todos. “Nós temos poucos lounges e mesas disponíveis para vendas e não vamos estourar o limite. O objetivo é oferecer diversão segura e responsável. Por mais que o nosso desejo seja de aglomerar, o momento é de curtir seguindo todas as recomendações das autoridades de saúde para que, em breve, tudo volte à normalidade”, pontua. Com mais de 250 milhões de visualizações no Youtube, o grupo de pagode Menos é Mais já representa Brasília em outros estados e é a promessa do gênero musical no Brasil. O grupo, que tem três anos de estrada, abrirá a programação do evento nos dias 21 e 22 de novembro, com ingressos esgotados.


Os sucessos, “Melhor Eu Ir”, “Vai Me Dando Corda”, “Fatalmente,Talvez”, “Teu Segredo”, “Mina de Fé” e outros hits são presenças garantidas no repertório.  Já para os fãs de música romântica, o cantor Dilsinho, conhecido como o príncipe do samba, trará todo o seu encanto para o “Vai Ter Samba” no final de semana seguinte,  dia 28 de novembro, com músicas que fazem parte  do aclamado DVD "Terra do Nunca", sucesso de crítica e mídia e do álbum "Quarto e Sala", como, Péssimo Negócio, Trovão, Deixa pra Amanhã, Misturados, Sogra, Pequenos Detalhes e outros sucessos.

Para esquentar ainda mais a festa, Pixote, grupo liderado por Dodô com mais de 27 anos de carreira, sendo considerado um dos maiores destaques do pagode brasileiro nos últimos anos, vai animar o público no dia 05 de dezembro, com hits marcantes do grupo, como,  "Insegurança", "Mande um sinal", "Fissura" e muitas outras para não deixar ninguém parado. A véspera de feriado, 07 de dezembro, terá toda a animação da Turma do Pagode, com grandes sucessos, como, “Lancinho”, “Aonde Quer Chegar”, “Deixa em off”, “Camisa 10”, “Cobertor de Orelha”, “Se Eu Pudesse” e outras músicas que prometem agitar o Vai Ter Samba.

O grupo Sorriso Maroto marcará presença no dia 12 de dezembro e o público pode se preparar para um show inesquecível comandado por Bruno Cardoso (voz), Cris Oliveira (percussão e vocal), Sérgio Jr (violão e vocal), Vinicius Augusto (teclado e vocal) e Fred (percussão), com as inesquecíveis canções “Dependente”, “Primeira Namorada”, “Vai e Chora”, “Sinais” e outras músicas que estão no último DVD ”Ao Cubo, Ao Vivo, Em Cores”.  Já o Belo, um dos cantores mais requisitados nos eventos de samba e pagode do Brasil, arrastando multidões de fãs por onde passa, chega no dia 19 de dezembro, com os hits, “Eu Me Acostumei”, “Perfume”, “Intriga da Oposição”, “Defeito Meu”, “Razão da Minha Vida” e outras músicas que embalam as baladas de pagode. 

A organização do evento está tomando todos os cuidados necessários para garantir diversão e alegria, com segurança e responsabilidade. “Quando vimos o quão séria é essa pandemia, decidimos adiar todos os nossos eventos e só voltaríamos quando fosse criado um formato em que o público, colaboradores e artistas pudessem estar no evento com a garantia de segurança. E o Vai Ter Samba foi criado assim, seguindo todas as normas e protocolos das autoridades, com rígidas medidas que deverão ser cumpridas por todos os que estiverem presentes. Com exceção dos artistas, a máscara será obrigatória, bem como o uso de álcool gel, aferição de temperatura e a organização de filas para preservar o distanciamento”, explica o produtor Philippe Xavier, um dos organizadores da festa. O bom senso deve ser a principal regra no Vai Ter Samba, como explica o produtor Júlio Ramos. “A produção do evento está tomando todas as medidas necessárias, mas para que seja eficaz, os presentes deverão colaborar. Por exemplo, não será permitida a circulação fora dos lounges, a não ser se for para ir ao banheiro. Quem não cumprir, será advertido e se insistir, poderá ser convidado a se retirar. Pode parecer um pouco radical, mas saúde não é brincadeira e o que queremos é uma festa bonita e segura para todos”, explica o profissional.

Para evitar aglomerações, os ingressos para o Vai Ter Samba serão vendidos exclusivamente de forma antecipada e on-line pelo site www.centraldoseventos.com.br. Assim como nas vendas das entradas, o público também terá a tecnologia como aliada durante o evento, já que os pedidos de itens de alimentação e bebidas deverão ser realizadas por meio de um aplicativo para que sejam evitadas as formações de filas enquanto a festa acontece. Serviço

Vai Ter Samba Data: 21 de novembro a 19 de dezembro Atrações: Menos é Mais, com ingressos esgotados (21/11 e 22/11) , Dilsinho (28/11), Pixote (05/12), Turma do Pagode (07/12), Sorriso Maroto (12/12) e Belo (19/12). Local: Mix Garden (R. Projetada, 65 - Jardim Canada, Nova Lima - MG). Ingressos: Lounge Ouro: R$ 1.300,00 Lounge Prata: R$ 1.100,00 Todos os lounges são para 8 pessoas e não serão vendidos ingressos individuais Mesa Ouro: R$ 750,00 Mesa Prata: R$ 600,00 Todas as mesas são para 6 pessoas e não serão vendidos ingressos individuais Protocolos de saúde:  Os lounges serão vendidos para grupos fechados e não há a possibilidade da compra de assento dentro de um lounge, pois, seguindo as recomendações das autoridades de saúde, o espaço é direcionado para pessoas do mesmo convívio e ou familiares. Vendas pelo site www.centraldoseventos.com.br Assessoria de imprensa: Grupo Balo – www.grupobalo.com Heberton Lopes - hlopes@grupobalo.com Felipe de Jesus - imprensa@grupobalo.com (31) 3637 8008 - (31) 98988 7616

CLIENTES

© 2018 Grupo Balo