Zona Norte do Rio guarda grande potencial imobiliário


Fachada da RE/MAX Prisma - Foto: Fábio Reina.


Com quase 90 bairros, a região, que é a mais populosa da cidade, têm muito a oferecer ao mercado de imóveis e a prova disso é o sucesso das imobiliárias RE/MAX Soho e RE/MAX Prisma, que investem mesmo durante o período de pandemia

O bom empreendedor trabalha com dedicação e está sempre atento às oportunidades do mercado. Enquanto, infelizmente, vários empresários amargam prejuízos em virtude do momento de pandemia, duas unidades da maior franquia imobiliária do mundo colhem resultados positivos na Zona Norte do Rio de Janeiro. Rodrigo Fernandes, advogado e especialista em direito imobiliário, e seu sócio, Leonardo Gaeta, investiram nas franquias RE/MAX Soho e RE/MAX Prisma para explorar o potencial dos quase 90 bairros da região.

A primeira aposta certeira da dupla foi na franquia RE/MAX Soho, localizada no bairro da Tijuca. Após atestarem que a Zona Norte do Rio de Janeiro tinha muita demanda para o profissional que atua no setor de imóveis, eles decidiram abrir outra unidade, a RE/MAX Prisma, na Vila da Penha. E, desde então, contribuem e muito para os resultados da Master Franquia Regional RE/MAX Rio de Janeiro, que coordena ainda mais seis franquias e projeta chegar a 15 até o segundo semestre deste ano.

O empreendedor Rodrigo Fernandes fez duas escolhas que considera assertivas. A primeira foi o tipo de franquia e a segunda onde iria estabelecer o seu negócio. “Escolhi RE/MAX porque há uma afinidade de pensamentos, métodos e propósitos. Eu estava em negociação e estudo há mais de um ano com outro grupo franqueador, em outra área de atividade, e ao conhecer ‘o modelo’ me apaixonei e em três meses de estudo da empresa decidi assinar”, explica o sócio das franquias RE/MAX Soho e RE/MAX Prisma, que percebeu o potencial da Zona Norte do Rio de Janeiro no setor imobiliário.

A escolha da Zona Norte do Rio como área de atuação das duas franquias RE/MAX foi feita após muitas análises. “Acredito que o trabalho região tem mais áreas para o crescimento, pois há uma carência de bons profissionais em grande parte dela por falta de estímulo ao trabalho em regiões com o ticket médio menor, o que é um erro crasso. Ao estudar o modelo da RE/MAX, entendemos que deveríamos basear nossa atuação na expansão na nossa área. Já com o início das atividades, notamos que além de crescer na nossa região inicial, no bairro da Tijuca, notamos que a região da Leopoldina, Vila da Penha e adjacências, tinha um mercado completamente mal trabalhado e ávido pela prestação de serviço com qualidade. Entendemos que poderíamos continuar nosso plano inicial mesmo com a diversificação da área de atuação através da parceria com novos sócios, que conheçam as novas áreas de atuação com a mesma profundidade que conheço a região da Grande Tijuca”, relata o empreendedor, que, inclusive, nasceu e cresceu na Zona Norte da capital carioca.

O cenário desafiador imposto pela pandemia de Covid-19 não abalou as perspectivas positivas de Rodrigo Fernandes acerca do seu segmento de atuação. “O mercado imobiliário está num momento de contínuo crescimento das transações, RE/MAX Brasil teve um 2020 superior ao ano de 2019, mesmo com todas as restrições em virtude do novo coronavírus. Isso porque a forma de atuação dos corretores associados à RE/MAX é mais independente e profissional que os corretores que atuam nas imobiliárias no formato tradicional”, compara o empreendedor, que faz parte de uma rede de franquias que, no primeiro trimestre de 2021 já somaram 461 unidades espalhadas pelo país e mais de 6000 profissionais apenas em território brasileiro. As perspectivas positivas e o otimismo de Rodrigo Fernandes para o seu negócio têm motivos sólidos. No início de 2020, a RE/MAX Rio de Janeiro - Zona Norte contava com apenas uma franquia. Porém, com o plano de expansão focado no potencial do mercado imobiliário, fechou o ano com sete unidades e comemorou a 9ª posição de no ranking de faturamento nacional da RE/MAX Brasil. E os planos é que as 15 primeiras franquias da regional estejam em operação até final do 2º semestre deste ano.

Em 2020, a RE/MAX Brasil conquistou números expressivos. Cerca de R$ 3,6 bi foram movimentados em negociações imobiliárias e da 50ª posição no ranking das maiores franquias brasileiras, da Associação Brasileira de Franchising (ABF), a avançou para o 35º lugar, sendo a única do segmento imobiliário no ranking, mostrando que o mercado de imóveis tem muito potencial a ser explorado.

RE/MAX Soho

Rua Conde de Bonfim, 120 - Sala 719 - Tijuca, Rio de Janeiro - RJ

RE/MAX Prisma

Av. Braz de Pina, 1389 - Vila da Penha, Rio de Janeiro - RJ

Sobre a RE/MAX

Com 48 anos de atuação, a RE/MAX é uma franquia americana que ganhou notoriedade mundial e se tornou referência em negócios imobiliários em todo o planeta. A marca chegou ao Brasil em 2009, mas hoje a franquia já alcançou 124 países, presente em todos os continentes, com mais de 137 mil corretores em mais de 8.600 unidades franqueadas. A Zona Norte do Rio de Janeiro passou a ter uma regional em 2018, que, só naquela região, conta com oito franquias. O direcionamento da RE/MAX está presente no lema: “todos ganham”, uma máxima que tem permitido a sua liderança, conquista e reconhecimento do mercado. Com esse conceito, a RE/MAX revolucionou o mercado imobiliário. Este sistema permite recrutar e reter os melhores profissionais do mercado, ter equipes motivadas e produtivas, diminuir a rotatividade dos corretores e prestar o melhor serviço aos clientes.

Mais informações: https://remaxriodejaneironorte.com/

Assessoria de imprensa RE/MAX Rio de Janeiro – Zona Norte:

Grupo Balo – www.grupobalo.com Heberton Lopes – hlopes@grupobalo.com Felipe de Jesus – imprensa@grupobalo.com 31 3637 8008 | 31 98988 7616